top of page
  • Foto do escritorJ.Maru

Mottainai - もったいない



A tradução mais comum de もったいない (Mottainai) seria “desperdício”. Porém, é uma definição simplista demais de um lindo conceito cultural da sociedade japonesa.


No post de hoje, vamos detalhar mais sobre tudo que Mottainai representa.


Vem com a gente!


A palavra もったいない (Mottainai)


もったい (Mottai) - um termo budista que se refere à essência das coisas. Também denota que tudo no universo está interconectado.


ない (nai) - sufixo de negação.


Juntas, formam a palavra que representa a tristeza com o desperdício e mau uso de objetos e recursos, como alimentos e água. Quando algo descartado ainda poderia ser aproveitado de alguma maneira, costuma-se empregar esta expressão.


Filosofia de vida no Japão


Mais que a tradução “desperdício”, Mottainai representa toda uma filosofia de vida no Japão.


O país é um arquipélago que passou por muitas privações de recursos. Seja por suas condições geográficas e meteorológicas, mas também por uma história repleta de guerras, por exemplo.


Sendo assim, com tantas dificuldades, o termo enfatiza um pensamento de que todos devem utilizar qualquer recurso por todo o tempo possível de sua vida útil.


‌Boro (ぼろ)


Um exemplo prático da filosofia Mottainai é a técnica de costura chamada Boro.


Nela, usa-se o ponto de bordado chamado sashiko (さしこ) que recupera peças com pedaços de tecidos que seriam jogados fora. Assim, cada pedacinho de retalho é usado e aproveitado sem gerar lixo.


‌Folhas de Nabo (大根 - だいこん)


Outro exemplo da filosofia Mottainai é como os japoneses aproveitam o nabo ou だいこん (daikon).


Além do legume ser utilizado em seus pratos, as folhas também são utilizadas para conservas ou para serem comidas com o gohan (arroz).


Nada é desperdiçado.


Sustentabilidade


O conceito de Mottainai pode ser usado como guia para a sustentabilidade.


Tiemi Yamashita, que faz palestras e workshops sobre o conceito no Brasil, analisou o uso de copos descartáveis na empresa que trabalhava.


Utilizava 5 copos por dia, 25 copos em média por semana. Se considerarmos 52 semanas num ano, 1300 copos plásticos foram jogados no lixo.


Cada copinho precisou da dedicação de muitas pessoas em sua produção, para ser usado e jogado fora em poucos segundos.


Ao trocar os copos por uma garrafa ou caneca não-descartável, não consumiu mais copos, aumentou a ingestão de água e ainda ganhou mais tempo na rotina diária, levantando da mesa menos vezes para ir ao bebedouro.


Muito além de itens materiais, o conceito de Mottainai envolve também valorizar o tempo e esforço das pessoas.


‌Reciclagem do lixo no Japão


Falando em sustentabilidade, vale lembrar também que o Japão é um dos países mais eficientes na administração e manejo do lixo e resíduos.



Diversos e inteligentes processos para redução e reciclagem de lixo incluindo a queima para aproveitamento energético.


‌Quer saber mais sobre Mottainai? Pergunta pra gente nos comentários!

Comments


bottom of page