top of page
  • Foto do escritorJ.Maru

Onde fazer teste de proficiência da língua japonesa?


Exames de proficiência têm a finalidade de atestar formalmente o nível de conhecimento de uma pessoa em um determinado idioma. A certificação ou resultado do exame pode ser exigido por universidades entre outras instituições de ensino. A Jaqueline Nabeta Sensei da J. Maru também é fundadora da J. Master que é a representante no Brasil do J.TEST Office, Tokyo, Japão.


O Exame

J.TEST –Test of Practical Japanese é o segundo maior exame de proficiência em japonês. É aplicado desde 1991 em mais de 50 cidades dentro e fora do Japão e está presente em mais de 12 países. Durante o ano é realizado a cada dois meses, começando em janeiro. Com o IP Test (Institutional Program), são mais de 400 escolas, universidades, companhias e instituições que fazem uso do resultado do J.TEST para avaliar e selecionar os candidatos a suas vagas. No Brasil, o certificado J.TEST é aceito pelos mais relevantes programas de bolsa de estudos como MEXT e JICA para atestar a proficiência no idioma. É aceito também pela Faculdade de Letras Japonês da USP para seleção dos candidatos ao seu curso de pós-graduação. O J.TEST é reconhecido pelo governo japonês. O certificado J.TEST é aceito, por exemplo, para a emissão do visto para os yonseis (descendentes da quarta geração). O sistema de avaliação do J.TEST é semelhante ao do TOEFL: são 3 grandes níveis e é a pontuação do candidato que determinará seu grau de proficiência.


Acesse a J.Master, faça um simulado e veja mais detalhes sobre o J. TEST.


Por enquanto, é possível prestar o exame na capital de São Paulo, Mogi das Cruzes, Araçatuba e Curitiba. Ao poucos, os locais de aplicação serão expandidos para outras regiões. As inscrições são feitas pelo site da J.MASTER. Basta seguir o passo a passo!



bottom of page